Zoo de Berlim no inverno, vale a pena?

Olá pessoal! Tudo bem? Todo mundo sabe que em uma viagem nem tudo dá certo né :-p Por mais que eu tenha lido várias matérias sobre Berlim, algumas coisas eu só aprendi passando pela situação.

17.jpg
Zoo no alto inverno

O Zoológico de Berlim é um sítio encantador e normalmente nos permite conhecer uma variedade enorme de espécies do reino animal além de poder interagir com alguns deles e poder assistir os shows com leões do mar, focas e macacos.

Então vou contar a minha recente experiência. Devido ao frio intenso, a maioria das espécies não estava exposta (o que é bom, já que os animais não ficam expostos a condições climáticas extremas) o programa com as apresentações e shows estava suspenso naquele dia, fazendo com que a nossa viagem ao mundo animal tivesse sido um tanto breve.

18.jpg

Conhecendo a história do Zoo


Fundado em 1844, o Jardim Zoológico de Berlim é o zoológico mais antigo da Alemanha e o nono mais antigo do mundo.

Juntamente com a sua primeira esposa Louise de Prussia, o Rei Frederico Guilherme III da Prússia, devido a sua paixão  por animais exóticos, estabeleceu um viveiro de pavões em meados do século 19 – o Pfaueninsel, ilha de pavões. Ovelhas e búfalos, veados, porcos, guaxinins e até mesmo cangurus, macacos, coatis e muitos outros animais foram sendo adquiridos com o passar dos anos.

Martin Hinrich Lichtenstein, professor na Universidade de Berlim na época, juntamente com o naturalista Alexander von Humboldt e o paisagista Peter Joseph Lenné convenceram o rei a disponibilizar seus animais e alguns dos edifícios disponíveis para a fundação de um jardim zoológico privado.

zoo1900
fonte: http://www.zoo-berlin.de

Depois de três anos de construção, o Jardim Zoológico de Berlim foi inaugurado em 1 de Agosto de 1844 em 1845 tornou-se público.

Em 1939, o Zoo de Berlim contava com mais de 4.000 animais de1.400 espécies diferentes. Após o término da Segunda Guerra Mundial o jardim zoologico contava com somente 91 animais sobreviventes.

Contando com a ajuda da Dra. Katharina Heinroth, o aquário que seu marido Oscar Heinroth tinha originalmente projetado foi restaurado e a casa antílope foi trazida de volta à vida, assim como a casa de elefantes e a casa de hipopótamos.

O Dr. Heinz-Georg Klös foi o seu sucessor na direção do Zoo e muitos dos recintos e edifícios de hoje possuem a data de seu mandato, por exemplo, as casas de macacos, cercas de urso, ea casa de predadores com uma seção de animais noturnos.

Além da reconstrução fiel de edifícios arquitetonicamente significativos, como o portão de elefantes, o foco principal de Klös foi a conservação de espécies.

Como chegamos


O Jardim Zoológico de Berlim está localizado em Charlottenburg e chegar foi bem fácil. Nós pegamos o metrô na linha U9 (a partir da Osloer Strasse) e em 8 estações já estávamos lá (estação Zoologischer Garten).

zoo

O Zoo tem dois portões de entrada: o “Portão dos Elefantes” – localizado na Budapester Strasse, 34 – e o “Portão dos Leões” – localizado na Hardenbergplatz, 8. Nós iniciamos o nosso passeio a partir do portão dos leões.

Como chegar de Transporte Público:

 S-Bahn: Estação Zoologischer Garten (S5 / S7 / S75 / S9)

 U-Bahn: Estação Zoologischer Garten (U2 / U9) e Estação Kurfürstendamm (U1 + U9)

 Bus: aproximadamente 15 linhas expressas do ônibus X9 com destino ao aeroporto
 Train: Regionais (RE1 / RE2 / RE7 / RE14)

Passeando pelo Zoológico – o que deu certo e o que não deu :-/


A primeira informação é algo super importante, que no meu ponto de vista teria nos ajudado bastante na visita: o Zoo possui um aplicativo que não é útil somente como guia mas também possibilita o acesso as informações e vídeos das espécies bem como a localização de um determinado animal dentro do parque. Além disso o mapa interativo mostra pontos de interesse como o parque infantil, áreas de alimentação, banheiros e saídas. Baixe o app – nesse link.

Fica a dica: Esse aplicativo teria me ajudado a poupar tempo e desvios desnecessários, se eu o tivesse baixado. Mas ok, o mapinha impresso ajudou um pouco hehe
zoo map.png
Esse mapa está disponível em aqui

Primeiramente o zoológico estava deserto hehehe, sério, quando chegamos não havia 1 visitante sequer, vamos dizer que passamos por uns 3 ou 4 em todo o passeio. Também não havia funcionários, nem uma apresentação, num uma atração, simplesmente nada :-/

00.jpg

Tambem vimos muitas cenas tristes, como por exemplo, alguns animais expostos ao frio de -2°C, meio “perdidos” e escondendo-se do frio nos abrigos. Na minha opnião não foi um programa tão bacana e nem exatamente como eu esperava. Com certeza em outra estação do ano o cenário seja mais alegre.

Existem várias contruções – casas – que abrigam os animais, dividindo o Zoo em setores. São as Casa de Elefantes, Casa das Girafas, Casa dos Primatas, Casa dos Suínos, Casa dos Carnívoros, Casa dos Pinguins, Casa dos Hipopótamos, Casa dos Rinocerontes, Mundo dos Pássaros, Faisões e o Aquário.

São animais de todos os tipos e de diversos lugares do mundo, não são somente em jaulas mas também em sítios que tentam imitar o seu habitat natural.

Bom, o que nós vimos então? Como algumas espécies são mantidas dentro de seus “abrigos”, conseguimos visitar alguns deles (pois acreditem, alguns estavam fechados com tapume).

 

Aquário

20.jpg

O Aquário de Berlim foi meio que a salvação do nosso passeio, pois depois de andar horas no frio sem muito sucesso, conseguimos ver algumas lindas espécies fazendo com que os 20 euros não tivessem sido em vão – exceto pela parte dos répteis que estava fechada (sério, nesse dia eu estava mesmo toda cagada :p )

19.jpg

O aquário foi inaugurado em 18 de agosto de 1913. Os primeiros anos não foram espetaculares devido à Primeira Guerra Mundial e as subseqüentes condições econômicas terríveis durante os anos de inflação. A partir de 1923, porém, o Aquário se tornou o instituto mais rico em espécies do gênero no mundo até o início da Segunda Guerra Mundial.

aquarim
fonte: wikiwand.com

Na noite de 23 de novembro de 1943 o aquário de 30 anos de idade foi quase completamente destruído por uma bomba. Depois de muitos anos de reconstrução o aquário foi reaberto ao público em 20 de agosto de 1983 , 70 anos depois da sua primeira inauguração.

 

Informações


Hardenbergplatz 8, 10787 Berlin, Tel. +49 (0) 30 254010
Horário de funcionamento:

Inverno – 09h as 15:30h / Verão – 09h as 18:30h / Primavera e Outono – 09h as 18h

Primavera: 28/02 – 26/03                    Verão: 27/03 – 24/09

Outono: 25/09 – 29/10                          Inverno: 30/10 – 27/02

Ingressos: http://www.zoo-berlin.de/en/tickets/day-tickets

Zoo 14,50€ por pessoa                          Zoo + Aquário 20,00€ por pessoa

Mais informações: www.zoo-berlin.de

Então, vale a pena visitar o Zoo e Aquário de Berlim no inverno?


Na minha opnião e baseada na minha recente experiência não vale a pena. Eu não iria novamente no INVERNO. Não é justo nem com os animais e nem conosco mesmo, pois o frio é desconfortante e a gente acaba querendo terminar rápido o passeio.

Além disso nem todos os animais estavam disponíveis e nem todas as áreas estavam abertas. Nesse dia não ocorreu nenhuma apresentação e o jardim zoológico estava vazio.

Quero muito ter a oportunidade de visita-los novamente mas em outra estação… Uma pena, né?

Espero ter ajudado com as dicas! Beijosssss Ana ❤

Anúncios

13 comentários

  1. Olá Ana, curti a sua sinceridade neste relato sobre o zoo. Realmente acho que nestes períodos de frio intenso, o zoo deveria fechar suas portas e cuidar melhor dos seus animais. Acho meio triste saber que os animais ficam expostos a temperaturas negativas extremas.
    Obrigado pelo seu relato pretendo muito conhecer Berlim, mas, já risco o Zoológico de lá da minha lista.

    Um abraço e obrigado por compartilhar a experiência!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi Aninha
    Eu passei frio sò de ver tuas imagens!!!
    hahahahahaha
    Concordo que nao valha mesmo a pena ir no inverno!

    Fui 2x neste zoo no outono/inìcio de inverno!
    O frio era forte, muito vento, mas estava cheio de gente (imagino que no verão e primavera deva lotar).
    Todas as atrações estavam abertas, teve os momentos de dar comidinha para os animais (meu filho amou!!!) e quando a gente nao aguentava de frio, entravamos nos HAUS dos bichos para sentir um pouco de calor!
    😉

    Curtir

Deixe seu comentário :-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s